Antroposofia como base das terapias

A Antroposofia, desenvolvida pelo filósofo austríaco Rudolf Steiner (1861-1925), propõe uma forma livre e responsável de pensar, de perceber a realidade e de atuar, observando e respeitando o ser humano e o contexto no qual está inserido. 

Trata-se de um caminho de busca da verdade que pode ajudar as pessoas a entender seu mundo espiritual, perceber suas ansiedades e  compreender seu propósito na vida. 

A partir dessa tomada de consciência, é possível alcançar um maior equilíbrio físico e emocional, sendo por isso uma prática considerada como um processo terapêutico. 

Neste caminho procura-se desenvolver um Pensar Vivo, ou seja, uma forma de apreensão da realidade através da prática da observação, de um pensar imaginativo e criativo que leva ao desenvolvimento de um novo olhar para a vida interior e exterior.  

Na Antroposofia temos várias iniciativas que apoiam o Ser Humano neste caminho, tais como a Medicina Antroposófica, a Pedagogia Waldorf, Euritmia, Contação de Histórias, Pedagogia Curativa, Terapia Artística e Aconselhamento Biográfico.

No meu caminho da descoberta pude ser apoiada por algumas destas iniciativas e procurei desenvolver meu trabalho através da especialização como Aconselhadora Biográfica e Terapeuta Artística Transpessoal. 

BACP Logo - 385435 (2).png